sexta-feira, novembro 12, 2004

Dias de Sol...

Ainda de acordo com o St. Martin's Day a little note just to say que ainda não se paga imposto por sermos quem somos - diferentes, pensantes, incómodos,... talvez -...

Os alunos estavam difíceis... estar em silêncio e falar "baixinho" é, hoje em dia, a mesma coisa... e falar baixo, em tom normal, diferentes tons e alto, implicar com o colega do lado e tentar levantar-se do lugar para ir ver aquilo que não interessa "nem ao menino Jesus", só é diferente se a professora tiver um bocadinho de "mau feitio"...

... enfim... há situações em que os impostos deveriam ser repensados...

Isto não faz muito sentido ? Desculpem lá mas é para condizer com certas afirmações públicas em que se dá "uma no cravo e outra na ferradura" e se fica sempre do lado que mais convém...

... ou seja, do lado de quem pensa... mas baixinhooooo...

Alegrem-se os Céus e a Terra que amanhã já é fim-de-semana... e as grandes superfícies esperam por todos nós em Toda a Sua Glória...

quinta-feira, novembro 11, 2004

Recordar o Verdadeiro Espírito de S. Martinho

Às vezes sinto-me mesmo cansada de tanta falta de cultura - humana, profissional, solidária - e de tudo o mais que quiserem pensar aqueles que perceberem isto... É como se o Mundo todo, de repente, tivesse deixado de pensar, de sentir, de ter massa cinzenta e espírito crítico !

Na realidade, parece ter deixado de estar na moda criticar de uma forma inteligente e construtiva. Criticar deixou de "ser bem" e passou a ser próprio daqueles a quem a classe dos "actualmente-todo-poderosos", apelidam de "falhados".

Alguém disse na rádio, hoje, Dia de S. Martinho, que vivemos tempos de uma "democracia de ricos que cria, cada vez mais, uma classe de pobres"... Valha-nos mesmo o Santinho das Castanhas e que ele, na sua bondade de soldado que repartiu a capa com o velhinho do caminho, nos proteja a todos de uma política de "castanhada".

Um bom Dia de S. Martinho para todos vós !!! E continuem a pensar... por favor.

Não permitamos que estes pobrezinhos fiquem orfãos



Tal como eu disse em "O meu primeiro post", a partir daqui era suposto eu desenvolver conteúdos exclusivamente relacionados com a temática do Ensino ou com qualquer outra matéria a ele associada. No entanto, razões de força maior levam-me a recorrer de novo a este espaço para reforçar um apelo humanitário já anteriormente formulado.

Do fundo do meu coração, apelo-vos para que sejam realmente sensíveis às palavras que se encontram transcritas no post intitulado “Salvemos este pobre desgraçado”. É que se não salvarmos aquela infeliz criatura, quem irá sofrer ainda mais serão os seus dois filhotes de tenra idade, os quais ficarão assim votados ao abandono e - por consequência - sem ninguém que os proteja.

Um bem haja para todos, uma vez mais !

segunda-feira, novembro 01, 2004

Salvemos este pobre desgraçado



Este adorável coelho será o repasto de pasagem de ano de um cibernauta desconhecido se numa certa conta bancária não for depositada, até 31 de Dezembro de 2004, uma determinada quantia em dinheiro.
.
Caso o objectivo pecuniário estabelecido seja alcançado, o promotor da campanha promete que - além de não comer o pobre coelho - o levará para uma aprazível quinta, onde o nosso amiguinho poderá passar o resto dos seus dias com uma vida de autêntico playboy.
.
Salvem a infeliz criatura entrando em
http://www.krohm.net/bernd2.htm
.
Bem hajam !

domingo, outubro 31, 2004

O meu primeiro post

Este meu primeiro post visa agradecer ao meu marido os conhecimentos que me transmitiu para que eu soubesse criar e utilizar um blog.

Ao segundo post estará subjacente uma atitude de grande altruísmo... :-)

Do terceiro post em diante, os assuntos serão exclusivamente dedicados a tudo aquilo que me levou a criar este blog: a Educação.

Site Meter